O rei dos empates está de volta?

19 05 2008

Bruno Martins- brunohmartins@gmail.com

O Atlético caiu para a segunda divisão em 2005 devido ao número estrondoso de empates, este ano o time demonstra que não sabe marcar gol e quem não sabe, apenas defende e… empata. Mais uma vez a equipe alvinegra fez uma partida ridícula, sem inspiração, ou melhor aspirações, conseguiu um empate só aos 40 minutos do segundo tempo, gol de Vanderlei. O Goiás havia aberto o marcador aos 23, também da primeira etapa. O Galo Começou muito mal o Campeonato, empatou com duas equipes fracas, o Goiás, que este ano não escapa do rebaixamento e o time júnior do Fluminense. É melhor abrir o olho e contratar no mínimo uns sete jogadores. Técnico nenhum vai conseguir arrumar o Galo, o elenco é muito fraco, não há bons laterais, zagueiros, um meia novo e bom, além de atacantes. Será um vexame voltar à segunda divisão em pleno centenário. O Cruzeiro até que está tendo um bom início de Brasileirão, com duas vitórias, mas precisa treinar mais finalizações. Guilherme,Wágner e Jonathas perderam gols incríveis no jogo desse sábado. Guilherme como sempre, inventou; Wágner tinha tempo e companheiros para botar a bola nas redes; Jonathas esqueceu que não tem técnica e tentou driblar o goleiro Castillo. Aliás, o goleiro do Botafogo foi o melhor em campo nesta partida, vitória magra dos celestes, 1 a 0. A imprensa criticou o time porque o resultado foi esse. Se os jogadores da raposa tivessem acertado a baliza alvinegra, nos lances em que citei acima, os comentários seriam outros. Com uma goleada, a mídia falaria que o Cruzeiro seria o franco favoríto ao título brasileiro, como não aconteceu, as opiniões são cautelosas. A goleada era obrigatória para os cronistas, porque o fogão jogou com uma equipe mista e o time celeste atuava em seus domínios. Apesar disso, o clube é o segundo colocado, perde a liderança no critério de desempate para o Náutico, que hoje ganhou do Fluminense(júnior) por 2 a 0, no Maracanã. Já o Ipatinga… O Tigre de Aço até que começou bem a partida de hoje, teve as melhores oportunidades de gol no primeiro tempo contra o Santos, jogo na Vila. Saiu da primeira etapa com o empate em 0 a 0 e uma bola na trave, parecia que a equipe reagiria na competição. Nada disso, no segundo tempo o Santos goleou a equipe mineira (4 a 0), que parece não ter preparo físico e emocional para disputar um campeonato de séria A, pelo jeito, o Tigre fará uma campanha vexatória e dificilmente não será o último colocado, como atualmente.     

Anúncios




VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA…… TIME SEM VERGONHA…….

15 05 2008

Fábio Moura  – lock_morgan@hotmail.com

Mau-olhado? macumba? azar? Não meu amigo é apenas a antiga conhecida da torcida atleticana, INCOMPETÊNCIA!!!!!! Uma, DUAS chances incríveis perdidas, em uma delas uma RIDÍCULA finalização do Danilinho, que estava sozinho na frente do goleiro e teve a capacidade de chutar na mão dele. Alguns jogadores até jogaram bem, Almir, Petkovic e Marques, Mas os outros…….. mas os outros…… MEU DEUS DO CÉU!!!!!!!! Como podem ser chamados de atletas profissionais, peladeiros como Thiago Feltri, Rafael Miranda, Coelho e outros, que não fazem questão nem de fingir que sabem jogar. Me assusta, me assusta mesmo o que vai vir ai pela frente, esse time não tem condição nenhuma de disputar o campeonato brasileiro, e o pior é que a “conformada” diretoria atleticana não faz nada. Dois meses depois do festejado centenário, nem a camisa comemorativa foi lançada ainda. Prometeram grandes jogadores, e tudo o que conseguiram foi Petkovic, a torcida atleticana, famosa por apoioar o time em qualquer situação, parece ja dar sinais de entrega. Mais agora, enquanto escrevia esse pequeno desabafo, recebi uma ÓTIMA notícia, GENINHO conversou com o Presidente Ziza Valadares e PEDIU PARA SAIR. Digo ótima noticia, porque já não tinha clima nenhum para ele continuar sendo treinador, nem com a torcida e nem mesmo com o time. E agora, quem será o novo treinador do Atletico? Vamos esperar o desenrolar dessa tenebrosa história.





Tarda, mas não falha

13 05 2008

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Acabei de conversar com meu informante e comentarista assíduo do blog Noângulo, Lucas Barbosa, e ele acaba de me dizer que o atacante Marcel também está fora do Cruzeiro. Segundo Lucas, a notícia foi divulgada no programa “Turma do Bate Bola”, da Itatiaia. Desde o jogo do Cruzeiro contra o Caracas, venho dizendo (https://noangulo.wordpress.com/2008/03/23/estranho/) que Marcel se tornou um desafeto do técnico Adílson Batista, que já se desentendeu com Leandro Domingues, este já afastado. Marcel não atua pela equipe celeste desde o dia 13 de março, em que foi titular na derrota do Cruzeiro frente ao Rio Branco, pelo oitava rodada do Campeonato Mineiro. Com já afirmei, alguma coisa aconteceu na partida do dia 18, em que a Raposa empatou com o Caracas, na Venezuela. Neste dia, Marcel e Leandro Domingues(coincidência né?) eram os únicos supletes de linha e sequer entraram no final do segundo tempo. Uma pena, são dois jogadores que seriam importantes para fortalecer um grupo que ainda carece de atacantes e meias ofensivos, mas como Adílson prefere volantes, paciência. O atacante, que foi cedido, sem custos pelo Benfica de Portugal pode voltar ao Grêmio. Já Domingues estuda algumas propostas não anunciadas. Outro que está com os dias contatos na Toca é o lateral Apodi(segundo o programa da Itatiaia), que está insatisfeito com a reserva, o lateral pode ser o novo reforço do Botafogo.  

Mais detalhes:http://www.superesportes.com.br/ed_esportes/003/template_esportes_003_92303.shtml





Pelada no Gigante da Pampulha

12 05 2008

Bola é maltratada no Mineirão!!

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Tem um colega meu que de vez em quando bate uma pelada lá no estádio do Mineirão, mas nunca o vi jogar, uma vez que esse tipo de partida nunca foi transmitido por alguma emissora de TV, nunca até hoje… Pois é, o Sportv transmitiu uma partida deste naipe, mas uma pelada profissional, se é que isto existe. Atlético e Fluminense fizeram sem dúvida o pior jogo da história do Campeonato Brasileiro, tecnicamente falando. O Flusão tem até uma desculpa, jogou com um time praticamente júnior, à exceções do goleiro Fernando Henrique e dos volantes Arouca e Fabinho. Para falar a verdade, que garotada ruim de bola, principalmente os atacantes Alan e Marinho, estes tiveram várias chances, construídas pelos defensores do Atlético. Já o Galo, que vergonha de equipe, além da péssima qualidade do setor defensivo, podemos observar que alvinegro não tem sequer um centro-avante mediano. Atuaram hoje, Castillo na primeira etapa, que nada fez, Renan Oliveira, que parece tremer como o Guilherme do Cruzerio. Marinho, que segundo o repórter do Sportv entrou no intervalo e Eduardo, esse aí entrou no finalzinho, esse comentário já basta, quando joga desde do início não joga nada, imagina entrando no final? Pet também não fez muita coisa, também não tem ninguém para ajudá-lo, aí fica difícil. Rafael Miranda parece um doido que saiu do hospício à procura de uma bola, o que chama a atenção é apenas seu cabelo esvoaçante. Já Márcio Araújo sabe marcar e driblar, mas não acerta um passe de meio metro. Fora o lado deficiário do Galo, aquele mesmo onde atua Coelho, o xodó da torcida, que parece não ter bom preparo físico, e o Renan na lateral esquerda está mais perdido que cego em tiroteio. Espero não ouvir certos comentários, como: “O Atlético foi mal, porque Marques e Danilinho foram poupados”, contra o Cruzeiro eles atuaram… É Atlético, Ziza, torcida, se não contratar, o time será favoritíssimo ao rebaixamento. Sobre a partida, final 0 a 0, lógico, né?!       

Nos jogos de hoje, que fecharam a primeira rodada do Brasileirão, o Ipatinga perdeu em casa para o também fraco Atlético-PR, 1 a 0, gol do ex-ipatinguense Léo Medeiros. As duas equipes lutaram contra o rebaixamento, pode escrever. No estádio Beira-rio, o zagueiro Sidney foi o autor do gol da vitória de também 1 a 0 do Internacional sobre o Vasco, outra partida irritante. O então favorito Palmeiras, perdeu para o Coritiba no Couto Pereira, por 2 a 0. Destaque para o ex-atacante do Guaratinguetá, Michel que fez um gol e ainda assitiu o companheiro Hugo, dono do segundo gol. No Engenhão, o Botafogo estreiou muito bem e mesmo com uma equipe mesclada, venceu o Sport por 2 a 0, gols de Jorge Henrique e Diguinho. O Flamengo, sem torcida e com a estréia do técnico Caio Junior venceu o Santos por 3 a 1, gols de Marcinho, Ibson e Juan. Moraes descontou para o Santos, que também atuou com um time misto. E o grande jogo da rodada “chocha” foi entre Portuguesa e Figuerense, 5 a 5, jogo bastante movimentado, a Lusa chegou a estar vencendo por 5 a 3 até os 20 minutos do segundo tempo. A partida salvou a média de gols, que poderia ser a pior do competição.  





Cruzeiro estréia com vitória

10 05 2008

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

O Cruzeiro largou na frente no Brasileirão 2008, o time de Adílson Batista venceu o vitória de Vágner Mancini por 2 a 0, em partida bastante movimentada, com diversas oportunidades para ambos os lados. Marcelo Moreno marcou o primeiro gol do Campeonato, logo aos dois minutos da primeira etapa. Depois foi a vez de Bruno, “marcar sem querer”, o zagueiro do Vitória chutou em cima dele e bola foi para às redes. Marcelo Moreno ainda foi expulso no segundo tempo, porque chutou para o gol duas vezes, quando o jogo já estava parado, no total dois cartões amarelos e saída precoce na partida. Fábio foi o principal jogador do time mineiro, com pelo meno quatro defesas difíceis. Ramires, Jonathan e Guilherme perderam gols incríveis.Com o resultado, o Cruzeiro assume provisoriamente a primeira posição da competição. Esta foi a primeira vez na história que a Raposa venceu os baianos no estádio do Barradão.Nos outros jogos, o Náutico fez 2 a 1 no Goiás nos estádio dos Afltitos, destaque para Geraldo, que fez dois gols – Anderson Aquino descontou para os goianos. No Morumbi, o São Paulo foi batido pelo Grêmio, 1 a 0, gol do zagueiro Pereira. 





Brasileirão

10 05 2008

 

          Começa hoje o Brasileirão. Quem são os favoritos ao titulo? e ao rebaixamento? Normalmente essas são perguntas faceis de se responder, por causa dos pontos corridos, dificilmente vê-se alguma zebra chegar longe. E é exatamente por isso que o Brasileirão é um dos (senão o mais) campeonatos mais EMPOLGANTES e disputados do mundo. Esse ano é uma ano especial para Minas Gerais, temos 3 clubes mineiros disputando a seria A!!! Desde de 2001, quando o America foi rebaixado que isso não acontece. Nesse blog faremos toda a cobertura de Atlético, Cruzeiro e Ipatinga.

E que vença o melhor!!!!!





Resultado repetido

9 05 2008

Como na disputa em 2007, Galo e Botafogo empatam sem gols no jogo de ida, no Mineirão, válido pelas quartas-de-fina da Copa do Brasil

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Quando Atlético e Botafogo se enfrentaram pelas quartas-de-final da Copa do Brasil do ano passado, a primeira partida foi no Mineirão e o resultado 0 a o. Hoje, as equipes voltaram a se enfrentar pela mesma disputa e adivinha… 0 a 0 de novo. O Atlético foi bem melhor, poderia ter goleado se não fosse o péssimo aproveitamento de seus atacantes. Almir, Danilinho e Renan Oliveira perderam gols “imperdíveis” na segunda etapa do jogo, impressionante. Petkovic também deu uma furada frente à meta botafoguese. Aliás, Pet foi o melhor em campo, foi o legítimo maestro do jogo, com bons lançamentos, dribles e conclusões de fora da área, pena que não tenha nenhum outro bom jogador para lhe acompanhar, poderia ser Marques, mas este alugol um cantinho do campo e não sai de lá. Sobre o Botafogo, que partida bisonha, o time errou muitos passes, principalmente nas armações, com o Zé Carlos e o Lúcio Flávio. O atacante Fábio jogou muito isolado, até que ele se movimentou bem, mas não recebeu nenhum passe redondo para finalizar a gol. Destaque apenas para Diguinho, que foi muito bem na marcação de meio-de-campo. Agora as duas equipes se enfrentam na próxima quarta, às 21h45 no Engenhão. O galo classifica se empatar com gols, outro 0 a 0 a disputa será em cobraças de pênaltis. Espero que a partida de volta não seja tão polêmica como a de 2007 e que o vencedor tenha seus méritos e não precise de uma “ajudinha extra”, como a do juiz Carlos Simon, que deixou de marcar um pênalti claro para o Atlético no último minuto da partida, nesta o Botafogo saiu com a vitória e classificação, 2 a 1. Antes do confronto decisivo o Galo recebe o time reserva do Fluminense no Mineirão, no próximo domingo, às 18h10. Às 16h, o Fogão pega o Sport no Rio de Janeiro, Cuca já afirmou que vai escalar uma equipe mista.