Pênalti! Guilherme cobra, erra e Coritiba empata

31 08 2008

Espinoza abre o placar para Raposa, que cede o empate no finalzinho do segundo tempo; Guilherme ainda desperdiçou um pênalti

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Quarenta e dois minutos do segundo tempo: Ramires entrou na área do Coritiba, ficaria cara-a-cara com o goleiro Vanderlei do Coritiba, mas foi derrubado por Alê. Pênalti e expulsão do volante do Coxa. O placar era de 1 a 0 a favor da Raposa, gol de Espinoza, aos quatro da etapa inicial. Guillherme foi para a cobrança e… Vanderlei defendeu! O atacante celeste bateu muito mal, a bola ainda sobrou para Fernadinho que isolou. Lance capital, pois dois minutos depois, Keirrinson fez boa jogada pela direita, entrou na área azul e cruzou para Thiago Silvy – havia entrado na etapa final – que só empurrou para o gol de Fábio. 1 a 1, resultado final e mais um vez o torcedor do Cruzeiro sai decepcionado do Mineirão. Não só pela perda do pênalti, mas pelo futebol horroroso demonstrado durante todo o jogo. Isso é resultado de um time que passou as últimas duas semanas só pensando em transferências, mais nada. De um time que tem um treinador que tem paciência com Weldon, que é displicente, irritante e lento. De um treinador que tem medo de arriscar, que tira um atacante e coloca um outro volante. Está aí, mais um rodada termina e cada vez mais o Cruzeiro se distancia do líder Grêmio – agora são oito pontos de vantagem -, do Palmeiras (3 pontos) e  fica com um vantagem mínima sobre as equipes que estão em seu retrovisor – o time está com apenas três pontos a mais que o oitavo colocado. Na próxima rodada, o Cruzeiro pega o Vasco, em São Januário. Tem que vencer, ao contrário, pode começar a dar adeus até para a vaga da Libertadores.  

Galo também não segura vantagem O Atlético também cedeu o empate para a Portuguesa. O Galo saiu na frente contra a Portuguesa, no Canindé, gol de César Prates cobrando falta, aos 16 minutos do primeiro tempo. Mas como alegria de time ruim dura pouco, Washington empatou para a Lusa. 1 a 1 aos 20 minutos da etapa complementar. Um péssimo jogo, confronto de duas agremiações que vão lutar contra o rebaixamento. O próximo desafio do Galo é contra o São Paulo, quarta, no Mineirão.





Empate no Barradão

31 08 2008

Xaves pára o maestro do Vitória, Ramon Meneses, e Ipatinga consegue seu terceiro ponto fora do Ipatingão

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com 

Faltou competência dos atacantes, se Adeílson e Kempes tivessem poder de decisão, o Ipatinga poderia ter trazido três pontos da capital baiana e o Trigrão de Aço ficaria empatado – perderia no saldo de gols – com o décimo sexto colocado, o Atlético- PR, que é o primeiro clube antes da zona de rebaixamento. Foram dois lances capitais, o primeiro, Adeílson se precipitou. Ele poderia ter avançado mais e chegaria de frente para o goleiro Viáfara, mas acabou chutando de fora da área e pior, o chute saiu fraco. Na outra oportunidade, Kempes, se tivesse mais motivação, poderia ter driblado o goleiro do Vitória, mas a lentidão é tanto, que arqueiro colombiano foi mais esperto e deu bote. No mais, o Vitória pressionou, mas a defesa da equipe mineira estava muito bem e o goleiro Fernando foi muito bem quando testado. Placar final: 0 a 0, com o resultado, o Tigre continua na laterna, agora com 21 pontos e enfreta Náutico no Aflitos, na próxima rodada. Se quiser continuar na séria A, a equipe do Vale do Aço tem que buscar vitórias também como visitante, ao contrário, a situação vai ficar cada dia mais complicada. O Tigre só conseguiu três pontos fora de seus domímios, empatou com o São Paulo, Goiás e agora com o Vitória. As cinco vitórias foram todas conquistadas no Ipatingão, contra o Goiás, a Portuguesa, o Vitória. o Fluminense e o Internacional. Sobrando 12 derrotas e um saldo negativo de 18 gols, com 40 gols sofridos e apenas 22 marcados.





De volta ao paraíso

29 08 2008

O maior ídolo estrangeiro dos cruzeirenses está de volta ao clube, mas estréia ainda é incerta; Sorín se recupera de fratura no joelho direito

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Ele nunca foi tão feliz como aqui, ele nunca foi tão idolatrado como foi pelos torcedores celestes. Sorín está de volta à Toca da Raposa. Depois do anúncio de um eventual tratamento, que o lateral faria nas dependências do clube, Sorín foi confirmado nesta sexta-feira como jogador do Cruzeiro, ele já havia assinado um contrato até dezembro, na última segnda-feira. O argentino, em um primeiro momento, fará tratamento no joelho direito e receberá um salário de 10 mil reais. Sem dúvida é um belo reforço, ele se identifica com a torcida, tem garra e tem tudo para dar a volta por cima – Sorín foi dispensado pelo Hamburgo, da Alemanha e há mais de dois anos não é convocado para a seleçao de seu país. Sorín está com 32 anos e tem 1,73 metro, e já levantou três importantes títulos pela Raposa: duas Copa Sul-Minas(2001-02) e uma Copa do Brasil(2000).

kerlon e Jonathas também dão adeus O Cruzeiro anunciou na final da tarde as vendas dos jovens Kerlon e Jonathas. Kerlon, o foquinha, que está contundido- se recupera de um rompimento de ligamento do joelho – afirmou que não quer mais vestir a camisa azul e por isso teve 80% dos seus direitos vendidos para o empresário italiano Mino Raiola, no valor de 1,3 milhões de euros. O atacante “gradalhão”Jonathas foi para o AZ Alkmaar da Holanda. A Raposa faturou 600 mil euros por 65% do direito o jogador. Ótimas vendas, o primeira nunca teve um sequência, devido à sérias contusões e o segundo não pode ser considerado jogador de futebol, é muito fraco tecnicamente, finaliza mal, não tem velocidade e nem sabe dar um passe de meio metro.





Thiago chega, Charles se despede

29 08 2008

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

O Cruzeiro anunciou na manhã desta sexta-feira a contração do atacante do Thiago Ribeiro, de 22, que estava no Al-Rayyan, do Catar. O jogador se destacou no Rio Branco antes de se transferir para o Bordeaux da França, onde não se firmou e foi repassado ao São Paulo, em 2005. Na volta ao Brasil, Thiago se destacou como um atacante velocista e bom finalizador e foi titular do tricolor ao lado do experiente atacante Amoroso, com quem foi campeão da Libertadores e do Mundial Interclubes. Em 2006, o atacante não manteve o mesmo ritmo da temporada passada e acabou no banco de reservas, emsmo assim foi campeão Brasileiro. Sem muitas oportunidades com o técnico Muricy Ramalho, ele se transferiu para para o Al-Rayyan, do Catar no segundo semestre de 2007. Thiago será, sem dúvida, um ótimo reforço, pois a equipe celeste tem carência no setor, que conta com apenas um atacante de nível da série A, Guilherme. Mas ainda é pouco, o time ainda necessita de mais atacante, um jogador mais de área, goleador. Quem sabe o Fred não volta? Eu não duvido. 

Tchau! Enquanto Thiago chega, Charles está indo embora. O melhor volante da Raposa vai para o futebol Russo defender o Lokomotiv por pelo menos um ano e quatro meses, é que o Cruzeiro vendeu 70% dos seus direitos à equipe russa, os outro 30 continuam com a Raposa. Será uma grande perda, pois não há no elenco nenhum jogador que possa suprir as funções que Charles dentro do time celeste. O “camisa 7” era o único com características de segundo volante, que dava o primeiro combate, cobria a lateral direita e ainda aparecia como jogador surpresa na meia e na ponta direita. Ele ainda tinha o melhor chute de fora da área e já havia marcado quatro gols neste Brasileirão. A saída dele complicará a vida de Adílson Batista, que terá que mudar a função de Henrique e/ou de Fabrício, que podem cair de produção, pois os dois têm dificuldades na armação e serão sacrificados com o novo posicionamento. Marquinhos Paraná seria a melhor opção, mas devido a um estiramento na coxa esquerda, o curinga desfalcará o time celeste por pelo menos 30 dias. Léo Silva poderia ser outra opção, mas foi dispensado por Adílson e emprestado ao parceiro Ipatinga.





Que fogo!

28 08 2008

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Mineirão, casa do Atlético e do Cruzeiro, certo? Certo, com exceção de ontem. No jogo dessa quarta-feira, pela fase brasileira da Copa Sul-Americana, quem parecia mandante no Mineirão era Botafogo. A equipe de Ney Franco simplesmente deitou e rolou pra cima do Galo. Foi um show carioca do início ao fim. O Atlético para variar parecia um equipe pequena, mas muito pequena, aliás foi com esse pensamento que o Sr. Ziza montou esta “equipizinha”, o resultado é um centenário pífio, com apenas uniformes e shows para maquiar um elenco ridículo. Que vexame, 2 a 0 fácil no primeiro tempo; 5 a 2 no geral, o Bota ainda desprediçou um pênalti – Gil mandou para fora. Lúcio Flávio foi um maestro, comandou o meio-de-campo e ainda marcou dois golaços; Jorge Henrique, Carlos Alberto e L. Almeida (contra) completaram o palcar. Lenílson- único jogador sóbrio do lado do Atlético – fez os dois gols do Galo. Impressionante, é só a torcida empolgar – o Galo vinha de uma goleada pra cima do Atlético-PR – que o Atlético joga água nessa animação. Já o Fogão é só alegria, 11 jogos invicto e um time certinho. Se jogar dessa maneira sempre, corre o risco de levar até o Brasileirão. Eu ainda não vi nenhum clube do Brasil jogar tão bem quanto o Botafogo atuou e vem atuando. A zaga vem bem, os laterais apoiam toda hora, os volantes marcam e sabem atacar, os armadores – Lúcio Flávio e Carlos Alberto – estão em ótima fase e as opções de ataques são excelentes, Gil e Jorge Henrique atormentam os zagueiro a partida inteira e Welligton Paulista é um bom finalizador. É melhor tomar cuidado com o Fogão, esse time promete!





Rapidinhas

26 08 2008

Nos próximos dias, o Cruzeiro deve anunciar a venda de pelo menos um jogador do time de titular. Isso porque a janela de transferências para clubes da europa fecha no próximo dia 31. Façam as suas apostas, as principais especulações estão em cima dos nomes de Ramires, Guilherme, Fábio e Wagner. Entre os reservas, Thiago Martinelli é mais cotado, o zagueirão ainda não fez sete partidas(número limite para um transferência entre times da série A) pelo clube neste Campeonato Brasileiro. O jogador está próximo de um acerto com o Coritiba, de Dorival Junior. Martinelli vinha sendo aproveitado na vaga de Espinoza, mas isso não ocorreu no jogo passado- Léo Fortunato entrou com titular. Seria o tal revezamento de Adílson Batista ou a possível transferência? Estranho é que Thiago já fez seis jogos pela Raposa. Do lado alvinegro, Calisto está próximo de deixar o clube. O lateral tem propostas de clubes da série B e do Japão. Depois da saída de Dodô para o Corinthians e da possível transferãncia Thiago Neves para o futebol europeu, o nome da vez no Fluminese é Darío Conca, o argentino é sondado pelo Hertha Berlin, que deve oferecer três milhões de euros ao River Plate, que detém os direitos federativos do jogador. A preferência de compra é ainda do Tricolor das Laranjeiras, de acordo com uma cláusula no contrato de empréstimo do jogador. No exterior, a novidade é o iminente acerto de Ronaldo Fenômeno com o Machester City da Inglaterra. A contratação seria uma estratégia de marketing do clube inglês, que pretende se transformar em um clube de expressão mundial. E o empresário de Robinho, Wagner Ribeiro, já dá como certo o acerto do jogador com o Chelsea de Felipão. Segundo Ribeiro, o clube londrino desenbolsaria 35 milhões de euro para ter o “rei das pedaladas”. Será que vale a pena?





Esperança de dias melhores

25 08 2008

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Em termos de classificação, a última rodada do Brasileirão foi bastante interessante. Das equipes da parte de cima, apenas Vitória e Palmeiras venceram seus jogos, contra Figueirense e Portuguesa, respectivamente. No mais, o líder Grêmio empatou com o Náutico nos Aflitos; o Cruzeiro perdeu para o Santos na Vila; o Botafogo levou o gol de empate do Vasco aos 45 minutos da etapa final; O Coritiba empatou em casa com o São Paulo; O Inter também não saiu do empate, 1 a 1 contra o Flamengo. Além da vitória do Santos, o lanterna Ipatinga também venceu, 1 a 0 no Goiás, no Vale do Aço; o Atlético também venceu e bem: 4 a 0 no xará paranaense;o Fluminense também não conseguiu vencer em casa, 1 a 1 contra o Sport. Ótima rodada para o Galo e o Tigre. A equipe belorizontina subiu três posições e está a seis pontos da zona de rebaixamento. No jogo de ontem, destaque para Serginho, autor de belas jogadas, uma delas resultada em um golaço. Vamos ver se o time engrena e pare de oscilar na competição, falta uma sequência para espantar, de vez, o risco de rebaixamento. Já o Ipatinga continua na laterna, mas conseguiu uma sobrevida no Campeonato, agora a equipe que é comandada por Márcio Bittencourt, está a três pontos do primeiro fora da zona vermelha, o Atlético-PR, que tem 23 pontos. O Cruzeiro é que caiu uma posição, mas foi salvo pelos os outros resultados e continua no G4, agora a seis do pontos do líder Grêmio. Se não contratar, o título vai ficar bastante distante dos celeste, o time é bom, mas o elenco é fraco. Adílson não tem peças de reposição à altura dos titulares. Wágner, Guilherme, Charles, Fabrício, Ramires e Fábio são imprescindíveis. Se dois desfalcam, a Raposa se transforma em equipe pior que a Portuguesa, o Santos e cia limitada. O time ainda necessita de pelo menos dois atacantes, Jajá, Reinaldo, Jonatas, Weldon e Wanderley são jogadores abaixo da crítica. São péssimos, displicentes, não conseguem dar um chute ao gol, por isso não podem, definitivamente, defender clubes de primeira divisão, principalmente uma equipe como o Cruzeiro Esporte Clube.