Vexame, a marca de um visitante

18 11 2008

0000003474

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

A campanha nem é tão ruim, o time tem 19 vitórias no Campeonato Brasileiro, o mesmo número do líder São Paulo e do vice Grêmio. No Mineirão, apenas duas derrotas, derrotas magras de apenas um gol de diferença – 2 a 1 para o Goiás e 1 a 0 para o Palmeiras. Mas quando se trata de jogos fora de casa, aí o assunto muda e muito. De um time que disputava o título, o Cruzeiro mais parece um aspirante à série B.

Não sei o que acontece com time, entra receoso. Parece que dá um branco nos jogadores e o técnico Adílson Batista  perde um pouco a capacidade de pensar. Principalmente nos últimos três jogos, tudo o que eu falei, aconteceu. Guilherme, Wágner, Ramires, Thiago Heleno e cia limitada pouco aparecem, erram muitos passes, marcam à distância, fora as finalizações, ridículas. E as substituições e escalações do técnico celeste…Nem se fala! É Camilo que entra no lugar de Guilherme com o time perdendo de 3 a 0; Léo Fortunato no lugar de um lateral. Camilo entrando de titular no lugar de um atacante. Só besteira! Os resultados? Humilhantes:3 a 0 para o Goiás, 5 a 2 para o Naútico e por aí vai durante todo o ano. 5 a 1 para o Potosí, 5 a 2 para o Palmeiras.

Além dos resultados mentirosos como os 2 a 1 para o Boca Jrs. e o 1 a 0 para o Botafogo, partidas em que o Cruzeiro jogou acuado e merecia outra goleada. Sinceramente não entendo como um time que joga tão bem em casa, cai tanto de produção e não consegue ganhar de Ipatinga, Santos, Atlético-PR, Naútico. Times muito inferiores ao Cruzeiro. É difícil de explicar, será que é o tamanho do campo? A pressão da torcida adversária? Ou a viagem cansa esses profissionais?

Muito estranho mesmo, se pelo menos empatassem alguns jogos, mas a facilidade para tomar gol como visitante é tão grande, que é imposível jogar por este resultado. Para se ter  uma idéia, o Cruzeiro tem o mesmo número de derrotas do Atlético, que é o 10º colocado, e só tem quatro derrotas a menos que o lanterna Ipatinga. Que estranho e inexplicável!

O próximo desafio fora de casa é contra o time reserva do Inter, no dia 30 de novembro. Sorte dos garotos do Colorado, que poderão divulgar um ótimo trabalho ao técnico Tite.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: