Uma tarde de belas jogadas

28 02 2009
Na goleada de belos gols, Tardelli conclui na jogada mais bonita do campeonato.

Na goleada de belos gols, Tardelli conclui na jogada mais bonita do campeonato.

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

Os torcedores atleticanos, que foram ao Mineirão na tarde deste sábado, devem ter saído bastantes satisfeitos com o que viram. Os jogadores alvinegros protagonizaram belíssimas jogadas na goleada, por 4 a 0, em cima do Uberlândia. Em menos de dez minutos, o Galo já havia feito dois golaços.

No primeiro, Márcio Araújo entrou pelo lado esquerdo da área e arriscou um chute, que desviou na zaga do Uberlândia e foi parar no ângulo do goleiro Paulo César. Pouco depois, o estreante Kléber driblou dois jogadores no meio, rolou para Junior na esquerda. O lateral lançou Éder Luís na área, que tocou de primeira para Diego Tardelli. Também de primeira, Tardelli acertou, da entrada da área, o gol do time do triângulo. Sem dúvida, o gol mais bonito – até agora – do campeonato. 

Depois dos gols, o Atlético continuou pressionado e com boas jogadas criadas, principalmente, pelos volantes Carlos Alberto e Márcio Araújo. Com tanta pressão, aos 20 minutos, o técnico do Uberlândia, Wellington Farjado, promoveu duas substituições: Mateus entrou na vaga de Pepo e Caio no lugar de Wanderson. A partir daí, o jogo se equilibriu. O atacante da equipe do interior, Renna, foi derrubado na área por Welton Felipe. Pênalti, que passou despercebido pelo árbitro Luiz Carlos Silva.

Em seguida, Juninho foi obrigado a fazer uma grande defesa, depois de um lance de escanteio. Mais foi só, o repertório uberlandense parou por aí. Depois o Atlético voltou à pressionar e quase ampliou com Junior, que por pouco não encobriu o goleiro adversário.

No segundo tempo, o time alvinegro manteve o ritmo e ampliou o marcador aos três minutos. Na velocidade, Éder Luís recebeu de Marcos Rocha e mandou no ângulo de Paulo César. Outro bonito gol. Após o terceiro gol, o Galo optou em tocar mais a bola e administrar a partida. O lance de maior perigo foi criado por Kléber, que teve a chance de marcar o seu primeiro gol como profissional, mas Paulo César fez boa defesa. 

Aos 39, Junior entortou o zagueiro, cruzou e Éder finalizou de cabeça. 4 a 0, placar final. Poderia ter sido mais, Yuri ainda desperdiçou uma jogada. Preferiu finalizar ao invés de cruzar, depois de tabelar com Tardelli. Se voltasse a bola para o artilheiro atleticano, o Galo sairia de mão cheia.

Ótima vitória em uma excelente partida do Atlético, que a cada dia parece mais entrosado e pronto para encarar, com igualdade de condições, o Cruzeiro, no Mineiro e os grandes clubes, na Copa do Brasil. Mas é bom corrigir alguns erros corriqueiros do time. Apesar da boa partida de ambos, Márcio Araújo e Éder Luís excedem nos dribles e nos erros de passes. Em um jogo mais difícil, tais lances podem decidir o resultado.     

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: