Qual a sua opinião?

10 03 2009

Bruno Martins – brunohmartins@gmail.com

No programa “Domingão do Faustão”, do último domingo, Ronaldo, em uma conversa informal com o apresentador Fausto Silva, disse, em tom e brincadeira, que ele era magro na época em que atuava no Cruzeiro porque passava fome. Indignado com as declarações do Fenômeno, o presidenete da Raposa, Zezé Parrella, divulgou uma nota oficial, em resposta ao jogador, no site do clube:

A estúpida declaração do jogador Ronaldo Nazário no programa Domingão do Faustão, ao afirmar que era magro porque passava fome quando jogou pelo Cruzeiro nos causou enorme estranheza. Primeiramente, o Cruzeiro Esporte Clube quer esclarecer que magro, desnutrido e sem base educacional era o garoto que chegou para treinar no clube no início da década de 90. De origem pobre e com dificuldades até para se alimentar no subúrbio do Rio de Janeiro, o menino Ronaldo se mudou para Belo Horizonte onde teve uma chance de ouro que mudou sua vida.

Na Toca da Raposa Ronaldo recebeu acompanhamento de nutricionistas, preparadores físicos e também de professores para dar-lhe educação formal. Tal transformação foi tão extraordinária que o atleta, com apenas 17 anos, foi convocado para a Copa do Mundo de 1994. Este fato comprova todo o trabalho de excelência feito nas categorias de base do clube já naquela época ou será que a exigente comissão técnica da seleção aceitaria levar para mundiais jogadores raquíticos?

Infelizmente, com o passar do tempo um dos maiores jogadores do planeta passou a ocupar mais espaço nas manchetes por causa de suas atitudes fora das quatro linhas do que dentro dos gramados. Com uma vida conturbada e polêmica, recheada de escândalos e controvérsias, Ronaldo parece ter perdido o equilíbrio que se espera dos grandes ídolos. 

Zezé Perrella

Presidente do Cruzeiro Esporte Clube

Sinceramente, concordo com as palavras do presidente celeste, Ronaldo menosprezou o clube mineiro, mesmo que a declaração tenha sido em tom de brincadeira. Afimações desse tipo ganham conotações diferentes e, querendo ou não, tem muita gente (a audiência do programa é grande) que não entende isso como uma bricadeira e, sim, como uma ofensa ao time que lhe revelou para o futebol mundial. Ronaldo é muito bem assessorado, por isso, poderia ter evitado mais essa gafe. Mas como o blog NoÂngulo é democrático, eu quero saber a sua opinião…

Anúncios