Espetáculo!

29 04 2010

Bruno Martins – www.twitter.com/brunohmartins

Que jogaço! Aconteceu o esperado. Atlético e Santos protagonizaram a melhor partida, até agora, nesta temporada no futebol brasileiro. O duelo foi o primeiro da fase de quartas-de-final da Copa do Brasil e o Galo levou a melhor, venceu por três a dois.

Destaque para o artilheiro Diego Tardelli, que marcou três gols e praticamente garantiu um lugar entre os 30 convocados para a Copa do Mundo na pré-lista do técnico Dunga. Além de resolver o jogo, Tardelli foi, ao lado do zagueirão Jairo Campos, o jogador com mais desarmes – cinco.

O primeiro gol dele saiu logo aos dois minutos da etapa inicial. O lateral-direito Carlos Alberto tentou arriscar de fora da a área, o chute saiu torto e Tardelli antecipou. Um a zero Galo. Logo depois, o lateral Pará mandou uma bola no travessão do goleiro Aranha.

O arqueiro do Galo ainda fez uma bela defesa em um chute do meia Marquinhos na entrada da área. O goleiro do Santos Felipe também teve que trabalhar. Ele fez três belíssimas defesas. A primeira em uma cobrança de falta de Ricardinho, a segunda num chutaço de Tardelli. A terceira foi a mais bonita, após um chute colocado de Muriqui. A bola foi para a linha de fundo.

No escanteio, a zaga do Santos rebateu. A bola sobrou para Muriqui. O atacante rolou para o lateral Junior, que cruzou para o artilheiro Tardelli, depois de duas tentativas, ampliar: dois a zero Galo aos 39 do primeiro tempo.

Ainda na etapa inicial, aos 44, o atacante Robinho, após uma cochilada da defesa, apareceu na cara do gol de Aranha e não perdoou: dois a um. No intervalo, o técnico Vanderlei Luxemburgo tirou Correa e colocou Jonilson.

E o Galo foi logo marcando, aliás, Diego Tardelli aos sete minutos. Após ótima jogada de Muriqui, o camisa nove apareceu na cara do gol e teve tranqüilidade para mandar para as redes: três a um. Tardelli ainda teve um gol corretamente anulado em seguida.

Depois foi a vez de Aranha fazer milagre em uma cabeçada de Robinho. Na metade do segundo tempo, Luxa fez duas péssimas substituições e acabou com o meio-campo do Galo. Leandro entrou no lugar de Ricardinho aos 21 minutos e Renan Oliveira na vaga de Fabiano.

Os dois pediram para sair. Mesmo assim, foi mal o treinador alvinegro. Tanto, que o segundo gol do Santos aconteceu por falha na marcação de Renan Oliveira, que ficou olhando Paulo Henrique Ganso tabelar com Zé Eduardo e cruzar na cabeça do ex-cruzeirense Edu Dracena, que deixou sua marca aos 37 minutos.

Três a dois, placar final e o Atlético agora joga pelo empate no jogo de volta, semana que vem na Vila Belmiro.       

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: